voltar

MATRIARCA

O nome Matriarca, imponente, veio de um desejo de Adalberto Alves Pinto, em homenagear sua mãe, dona Aracy Alves Pinto, mulher destemida e à frente do seu tempo. Viúva muito cedo, dona Aracy ficou responsável pela criação dos seus 14 filhos, sendo oito biológicos e seis adotivos. Com esforço e coragem ela ocupou um espaço que ainda não pertencia às mulheres, tomando frente não só da família, mas dos negócios.

A embalagem foi criada com elementos gráficos trabalhados harmonicamente para representar a região em que a cachaça Matriarca é produzida. Uma rosa dos ventos relembra a viagem de Cabral e uma linha, sobre o nome, traça o formato da costa onde o Brasil "começou" e protege o nome em terra firme.

Força, beleza, história e tradição. Misturando esses elementos da marca, a cachaça Matriarca ganha sua forma, rótulo e, sobretudo, sabor. Numa terra de conquistas, a Matriarca vai construindo seu espaço para partir rumo à novas descobertas e territórios.

Dúvida? Experimente.